O estraga prazer

Quando olhava para o céu via nuvens em forma de monstros, urubus e caveiras.

Quando fazia aniversário olhava feio pra quem comia brigadeiro antes da hora.

E nunca emprestava o pogobol.

Virou adulto e não melhorou.

Quando tinha feriado  não deixava nenhum funcionário emendar.

Quando via fotos de Suri Cruise pensava: vesga.

Sentiu que sua obra estava completa quando jogou na internet um boato que se espalhou rapidamente: suco de jiló previne o câncer.

Anúncios

2 comentários sobre “O estraga prazer

  1. Pôxa, Andréia.
    Que quarta-feira de cinzas me restou… A salinha triste, vazia.
    O almoço esvaziado, tudo amargo e salgado.
    Saudade. Que uma latinha vazia de coca-cola não vai amenizar.
    Sorte.
    Apareça.
    bjs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s