Cicatriz

Eu tenho uma cicatriz no meio da testa me alertando a não pegar estrada de terra durante o temporal.

Outra no braço me diz pra não dançar perto de quem está segurando um cigarro aceso.

Tenho uma cicatriz no joelho que atesta : Nessa vida, mesmo seus irmãos vão querer te derrubar, nem que seja de brincadeira.

Meu avô costumava dizer que a parte do corpo que apanha muito fica mais forte. Uma vez fui fazer massagem no ombro dele e ele pediu pra eu forçar o cotovelo em suas saboneteiras. Massagem não é carinho. Lembro também que um dia ele tentou andar com meus rollerblades pois quando era jovem, patinava nos lagos congelados do Japão. Beirava os 90 anos e quase caiu, mas não caiu. Ele minimizava a dor física. Coisa de samurai.

Cicatrizes não são apenas lembranças do que nosso corpo sofreu, são também provas incontestáveis de que sobrevivemos.

Anúncios

2 comentários sobre “Cicatriz

  1. oi. entrei aqui por causa do encontro de vcs no jardim meio hectare ( q ainda vou conhecer) e achei esse texto lindo !! parabens pelo seu blog, otima pascoa andrea. L

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s